Bolo com Champanhe

setembro 03, 2013



Eu vivo falando que adoro Bolo com Champanhe como alternativa de recepção elegante e barata. Repito para todos os cantos o quanto essa comemoração é a minha cara e aí descobri que ficou uma dúvida no ar sobre o que é esta comemoração e algumas pessoas, inclusive amigos muito próximos, me perguntaram o que é e como funciona este tipo de brinde.

E eu, como toda noiva, ansiosíssima e mega interessada por tudo que comece com a letra c de casamento, resolvi fazer um post para batermos um papo sobre o que é, como funciona e por que fazer.


Bolo com Champanhe é um brinde realizado pelos noivos logo após a cerimônia. Suas principais características são marcadas pelo charme, a elegância e a inteligência da comemoração.

Mas por que inteligência?

Simples! Porque esta é uma opção super gostosa e econômica, mesmo se tratando de comemoração de casamento. Não há necessidade de dar grandes e luxuosas festas se o seu bolso não está lá essas coisas e este brinde, além de chique, ainda é super fofo com suas finanças.


LOCAL

Mini_Wedding_TatianaeAndre_10

O Bolo com Champanhe deve ser feito logo após a cerimônia. E, por durar aproximadamente 2 horas, é aconselhável que seja realizado no mesmo local da cerimônia ou muito próximo dela: pode ser no salão da igreja, na casa dos noivos, dos sogros, dos bisavós — enfim, algum lugar com uma estrutura agradável e que não seja muito longe de onde estarão os convidados.

Desta forma, pela rapidez e praticidade do evento, nem vale a pena alugar um salão.

HORÁRIO

casamento-ruella-noiva-paula-zaragueta-015
Autor não encontrado

Geralmente os noivos deixam para tirar as fotos do casório depois da cerimônia, enquanto os convidados estão se dirigindo para o local da festa. Mas no Bolo com Champanhe isso terá que ser diferente! Logo após o término da cerimônia, os noivos são imediatamente direcionados ao local do brinde, onde recepcionarão os convidados. Este é o momento para conversar, tirar fotos com os convidados e, claro, brindar este momento maravilhoso.

A recepção dura em média 2 horas e, por isso, o horário ideal para sua realização é depois dos horários marcados pelas refeições — almoço e janta — já que estas são substituídas pelas estrelas da festa, o bolo e o champanhe. Eu, por exemplo, vou fazer por volta das 15h. 

DECORAÇÃO


Em quase toda comemoração matrimonial há um espacinho reservado para as fotografias. Então, lembre-se disso e invista neste cantinho com fotos, coisas do casal, quadrinhos, etc.

A mesa do bolo deve ser o destaque. Flores e velas são ótimas opções para dar um charme e a atenção necessária para a estrela da festa.

Este tipo de brinde não requer mesas e cadeiras para os convidados, já que a ideia principal é tê-lo como um local para que os convidados e noivos possam interagir, beber, conversar e tirar fotos. Mas, é bom ter em mente que há pessoas que não estão acostumadas a ficar em pé, tais como idosos ou crianças, e seria gentil e elegante deixar pufes ou algumas cadeiras à disposição.

É interessante que haja uma ou outra mesa que combinem com a decoração (rústica, requintada, moderna, provençal) para o apoio de pratos e taças.


BUFFET

Ainda que haja poucos convidados, é elegante contratar garçons para o brinde. Não é uma regra, mas fica mais bonito e prático para todo mundo. E o cálculo é bem simples: 1 garçom para cada 15 pessoas. 

O QUE SERVIR
As estrelas da recepção são o bolo e o champanhe, então capriche. Tenha a delicadeza de escolher sabores que agradem a maioria e, já que você está economizando na festa, aproveite para dar atenção à qualidade. 

Acho legal os próprios noivos cortarem o primeiro pedaço e bolo e o restante pode ser fatiado e servido pelos garçons, mesmo. O cálculo é mais simples ainda: aproximadamente 2 fatias por pessoa.

E o cardápio pode (e, na minha opinião, deve!) ser ampliado. Doces são uma ótima opção, pra acompanhar a pegada do brinde. E nem precisam ser os famosos doces finos de casamento. Acho interessante mesmo colocar doces diferentes, brincar com essa opção, já que a própria comemoração foge da tradição. O cálculo de doces: 6 unidades por convidado.

Se quiser, faça uma mesa de frios ou rodadas de salgados.

BEBIDAS
Nem preciso dizer que espumante é obrigatório, né? rs Calcule 1 garrafa para cada 3 pessoas. Refrigerantes, água e sucos também devem servidos, já que nem todos bebem champanhe e/ou não querem bebê-lo o tempo todo.

Também já vi Bolo com Champanhe com mesas de drinks, o que é uma boa opção para aqueles que não se dão muito bem com espumantes.

ROTEIRO
Após a cerimônia, os noivos vão direto para o local do brinde. As fotos de casal podem ser deixadas pra depois do Bolo com Champanhe, pois este é um tipo de comemoração muito rápida.

Assim que o primeiro convidado chegar no local, as bebidas precisam começar a serem servidas. 

Na chegada dos noivos, o indicado é que façam o agradecimento pessoalmente a cada convidado e é importante que as fotos já sejam tiradas. Tradições festivas podem ser mantidas, sem problemas: fotos com os pais dos noivos perto do bolo, corte simbólico, traças cruzadas.

Na hora do brinde, é aceitável que haja discurso, sem problemas. Todos os convidados precisam estar com as taças (ou copos, no caso de quem não bebe) em mãos para brindar o evento, com os noivos. 

E então, os noivos circulam pelo local, conversando e dando atenção à todos os convidados. No final, a noiva pode jogar o buquê.

E aí, essa é ou não a cerimônia mais elegante, prática e econômica dos últimos tempos?



You Might Also Like

1 comentários

About Me

Like us on Facebook

Popular Posts